Atenção artistas do Cariri

Enviem seus cadastros para o blog: http://culturacrato.blogspot.com
Um release sobre: carreira, objetivos profissionais, etc.
Para divulgação e eventuais contratos!

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Abidoral Jamacaru




Retrato do artista por si mesmo


Abidoral Jamacaru é engraçado, porque envolve vários aspectos, aspecto histórico, aspecto antropológico, sociológico, filosófico, religioso... Eu acho que eu sou uma soma, como todo mundo, não sou especial não, um somatório de todas essas coisas. Mas uma pessoa que nasceu numa cidade do interior do Nordeste e a princípio pensava que o Crato era uma grande cidade, porque a nível de Ceará ela se destaca. Mas que é uma cidade pequena, relativamente pequena, e teve a felicidade de despertar em algumas pessoas um senso artístico, do qual eu me beneficiei.
Me envolvi na música, não sei nem dizer, foi circunstancial, fui me envolvendo, quando percebi já tava lá dentro. Sou uma pessoa que tem uma pendência para a questão mística também, não gosto muito de falar disso, mas já que se trata de um documento que tô considerando importante, vou colocar esse dado. Muitas vezes as pessoas não compreendem isso, até zombam de certo modo, mas eu tenho muito esse lado de atentar pro lado místico das coisas.
Sou muito voltado, apreciador da arte em todos os sentidos. Filosoficamente, parto do princípio de que o melhor lugar do mundo é aqui e agora. Você tem que fazer a vida a partir do instante que você está vivendo.
Claro que a vida depende do que passou, você realizar no presente uma coisa que vá vingar no futuro. Essa relação do tempo acaba existindo. Você não pode desprezar o passado nem o futuro. Mas é importante você viver com todas essas letras o presente, sem se apegar ao passado e ao futuro. Abidoral é uma pessoa meio fora do tempo e, ao mesmo tempo, dentro do tempo, em outro sentido. É meio complicado´.


DALWTON MOURA


Repórter

FONTE:http://abidoraljamacaru.blogspot.com/
O DISCURSO
( De repúdio aos maus políticos )






Abidoral Jamacaru

Você diz que a sua idéia galopa veloz

porque a força da grana

virou seu corcel.

O seu estandarte é mais alto que o céu,

e a sua pistola só cospe sentença.

Por isso você pensa,

que é só você que pensa

é você só que pensa...

é você só que pensa...

é você só que pensa...

Eu escarro na sua retórica,

pois ela exala o odor do enxofre,

e a mim não engana!

Isso tá muito evidente.

A sua patente é sabor de suspeito.

você me acua...eu lhe mostro os dentes!



Não me venha que o mundo é sinistro

Eu já não trajo nada

você traja ministro

seu olhar é rubi,

o meu é de lança.

isso tudo é uma dança

Você sonha que eu durmo ?

Eu durmo acordado!

Você está de pijama?

Eu te vejo fardado!

Se você pensa que eu sou maluco,

você pensou certo!

Isto é um jogo aberto,

eu não trago bandeira

a parte que eu gosto do abismo, é a beira!

Não sou profeta,

Tampouco discípulo

vê se mata a charada,

pois eu já te devoro...

eu já te devoro!



Não se assuste!

Isso já passa...

depois, vem pior!

Já sofri feito Jó

e não estou mais disposto

a ficar todo roxo

de levar porrada

eu lhe grito no ouvido

- não levo mais nada -

se quiser deixe escrito

não sou Deus nem diabo...

nem um pé de quiabo...

não sou Deus nem diabo,

nem um pé de quiabo...

...

...


Nenhum comentário:

Postar um comentário